Falsa orca

Pseudorca crassidens

Owens, 1846 Arrojamento Capturado Observado pelo Espaço Talassa

Os machos adultos medem entre 5 e 6 m de comprimento e pesam até 2,2 toneladas, enquanto que as fêmeas medem entre 4 e 5 m e pesam até 1,2 toneladas. Possuem em cada maxilar de 8 a 11 pares de dentes robustos, de base circular. O tegumento é de cor negra, razão pela qual a sua denominação nos Açores é precisamente de "Negro"; apresentando todavia uma mancha cinzenta situada na face ventral, entre as peitorais. A forma geral do corpo é alongada, com o melão pouco desenvolvido e sem bico. É uma espécie que goza de má reputação devido às descrições dadas pelos pescadores, em que o reportam como sendo um animal agressivo, ainda que existam indivíduos em cativeiro que têm demonstrado um comportamento pacífico. Ataca presas de grandes dimensões como os atuns e os espadins, embora não desdenhe dos cefalópodes. A duração do ciclo reprodutor é desconhecida. à nascença, as crias medem cerca de 1,5 e 2,1 m e pesam uma média de 80 kg. O período de gestação é de 16 meses e a duração da lactação é de 18 meses. A longevidade desta espécie está estimada em 20 anos. São animais muito gregários e a comunicação tem, sem dúvida, um papel muito importante na coesão do grupo. Os sons emitidos por esta espécie são extremamente diversificados, e é possível que cada animal produza uma vocalização diferente.
Nos Açores, este grande delfinídeo encontra-se frequentemente em companhia de outras espécies. Estas não se preocupam com a má reputação das falsas-orcas, parecendo mesmo estar à vontade na sua companhia e, por vezes, fazem disputas entre eles. Um pouco tímida e muito activa, a falsa-orca vem com frequência acompanhar à proa, nadando rapidamente, a cerca de 15 nós. Realiza saltos completos fora de água, provocando um splash grande, o que leva a suspeitar que se trate de um animal de maiores dimensões. A equipa do Espaço Talassa já observou esta espécie em diferentes ocasiões, em cerca de 6 % das saídas para o mar. É uma espécie que aparece quase sempre em grandes grupos, os quais ultrapassam várias dezenas e, por vezes, as centenas de indivíduos. É observado com maior frequência afastado de 3 a 4 milhas da costa. Pode ser confundido com a Globicephala macrorhynchus (embora seja mais rápido e possua uma barbatana dorsal mais alta e menos arredondada) e também com a orca fêmea. O sopro é bastante perceptível, ventilando de cada 15 a 20 segundos. Emerge frequentemente com a boca aberta, sendo possível observar a sua impressionante dentição.
AÇORES : Negro - POR : Falsa-orca - ITA : Pseudorca - SPAIN : Orca falsa - GB : False killer whale - GER : Falchser NEDER : Swarte zwaardwalvis - JAP : Oki gondo kujira