Baleia de bico de Sowerby

Mesoplodon bidens

Sowerby, 1804 Arrojamento Capturado Observado pelo Espaço Talassa

AÇORES : Bico de Garrafa - POR : Baleia de bico de Sowerby - ITA : Mesoplodonte di Sowerby - SPAIN : Ballenato de hocico de Sowerby - GB : Sowerby’s beaked whale - GER : Zweizahnwal - NEDER : Gewonespitssnuitdolfijn - SWEEDS : Sowerbys näbbval - NOORS : Nebbhval - DEENS : Naebvhal - JAP : Yoporra ogiha kijira
Medem entre 4 e 5 m de comprimento. No entanto, os machos são maiores do que as fêmeas, podendo atingir excepcionalmente os 6 m. O peso é de 1 a 1,5 toneladas, embora os animais maiores possam atingir as 3 toneladas. Os recém-nascidos medem de 2 a 2,7 m e pesam entre 170 e 185 kg. A dentição é muito característica, com um único par de dentes a meio da maxila inferior, que só é visível nos machos adultos e não chega a irromper nas fêmeas. Apresenta uma coloração cinzenta azulada ou cinzento ardósia. A cabeça é alongada e prolonga-se por um bico longo e estreito com dois sulcos na garganta em forma de V. Alimentam-se essencialmente de lulas e de pequenos peixes. O período de gestação dura cerca de 12 meses e a lactação é, provavelmente, de um ano.
As nossas estatísticas de observação no mar, cerca de 4 %, não reflectem o número real destes cetáceos nas águas Açorianas. Com efeito, este animal é avistado frequentemente a partir da vigia, e durante todo o ano. É tímido e difícil de observar a partir das embarcações. Habita nas mesmas águas que os Zífios, caso da Baleia-de-bico-de-Gervais e da Baleia-de-bico-de-Blainville, com os quais pode ser facilmente confundido. A posição característica dos dois dentes, nos machos, pode ajudar o observador, assim como o facto deste animal mostrar o bico segundo um ângulo pronunciado logo que emerge do mergulho e antes de mergulhar novamente. Pode ser confundido com o Zífio, embora a cor alaranjada e o comportamento desta espécie menos evasivo, ajudem a diferenciá-los. Observámos, em várias ocasiões, grupos de 5 a 6 indivíduos relativamente perto da costa; enquanto que das vigias observaram-se as Sowerby a saltarem fora de água, em pares perfeitamente sincronizados, um pouco à semelhança dos Tursiops truncatus. Os tempos de mergulho são irregulares, assim como o rumo e o local de emersão. Com efeito, esta espécie pouco conhecida, até agora, está a ser alvo de um estudo rigoroso por parte da equipa do Espaço Talassa, durante aproximadamente quatro anos