Golfinho pintado
 
Clique sobre a fotografia para aumentá-la

Stenella frontalis 

Nomes

AÇORES : Toninha pintada - POR : Golfinho pintado - ITA : Stenella maculata Atlantica - GB : Atlantic spotted dolphin - GER : Atlantisher fleckendelphin - JAP : Kasuri iruka - NEDER : Atlantisch gevlekte dolfijn

Biologia

Os golfinhos-pintados adultos podem atingir 2,3 m de comprimento e 140 kg de peso, contudo os machos são maiores do que as fêmeas. Possuem, em cada maxilar, entre 30 e 40 pares de dentes cónicos. Nos Açores, os nascimentos ocorrem entre Maio e Junho, podendo noutras partes do mundo ocorrer em épocas do ano diferentes. Os recém-nascidos medem cerca de 0,8 e 1,2 m de comprimento. A gestação dura entre 9 e 11 meses, enquanto que a lactação está compreendida entre 1 e 2 anos. A pintadinha que se encontra nos Açores é nitidamente mais pequena, mais atarracada e menos malhada do que a variedade costeira do continente norte americano. O corpo robusto e fusiforme apresenta no dorso uma cor cinzenta, enquanto que no ventre é branco e rosado. A pigmentação do corpo varia com a idade, sendo os jovens mais claros e sem manchas, com estas a aparecerem após a maturidade. Esta espécie alimenta-se de pequenos peixes pelágicos, tais como o arenque, as anchovas, o chicharro e alguns cefalópodes. Cada golfinho possui uma forma de vocalização própria, denominada assobio. Emitem estalidos que vão até aos 150 kHz e que servem para a ecolocalização. Os assobios de comunicação que produzem variam de 6,6 a 13,3 kHz.

Observações

Muito activas, as toninhas-pintadas são, sem dúvida, os mais amigáveis dos animais que temos observado. Vêm " brincar ", por vezes durante horas, nas ondas da proa da embarcação, o que a torna uma presa fácil para os pescadores pouco escrupulosos. Curiosamente, permitem que os nadadores entrem facilmente dentro de água para as observarem no seu meio. Encontrámo-las em cerca de 29 % das nossas saídas de mar, com maior frequência a partir de meados de Junho e até ao mês de Dezembro. Vivem em grupos de 10 a 50 indivíduos que, por vezes, são bastante maiores. Podem ser confundidas, sobretudo as mais jovens e sem pintas, com o roaz; no entanto, o seu bico é mais alongado e fino. Nadam a uma velocidade que pode chegar aos 18 nós e ventilam 3 a 4 vezes por minuto, fazendo apneias de 1 minuto.

Cetáceos dos Açores